Sábado, 24 de Julho de 2021
24 de Julho de 2021
Publicidade

Mendanha anuncia processo para descobrir autoria de vídeo ofensivo

Prefeito de Aparecida vai pedir à Justiça investigação sobre material que usou a imagem do seu pai para “denegrir a minha imagem"

Da Redação

Em meio à polêmica em torno da sua decisão de não obedecer ao decreto do governador Ronaldo Caiado que implantou em todo o Estado o modelo de fechamento do comércio, indústrias e serviços denominado de 14×14, ou seja, 14 dias de portas fechadas seguido por 14 dias de reabertura, o prefeito Gustavo Mendanha anunciou que vai ingressar na Justiça com um pedido de investigação sobre a autoria de um vídeo com ataques à sua pessoa.

Mendanha enfrenta também um drama familiar, com os pais, cinco tios, a mulher e dois filhos contaminados pela Covid-19. No último sábado, 20, Léo Mendanha, pai do prefeito, que estava intubado em um hospital de Aparecida, foi transferido para São Paulo, com 90% dos pulmões comprometidos. Ele foi levado para o Hospital Albert Einstein, o mesmo em que faleceu o prefeito de Goiânia, Maguito Vilela.

Em mais uma das frequentes lives que faz no Instagram, o prefeito de Aparecida reclamou do uso da imagem do seu pai em mensagens, disparadas pela internet, para criticá-lo. “Recebi muitos ataques. Mas quero lamentar utilizarem a imagem do meu pai, que está no hospital, para denegrir minha imagem. Infelizmente, esse vídeo chegou à minha mãe, que está isolada em casa, sofrendo com a Covid-19”, afirmou.

Ele afirmou que levará a questão à Justiça para tentar descobrir quais foram os responsáveis pela produção e divulgação do vídeo. “Isso machucou muito minha família. Repudio esse tipo de ação politiqueira e eleitoreira”, afirmou. Ele não deu detalhes sobre o conteúdo que o desagradou.

Na sexta-feira, data em que o Léo Mendanha foi internado na Clínica Santa Mônica, o próprio Gustavo divulgou em seu perfil no Instagram uma foto do pai, no leito hospitalar, aparentando abatimento e usando cateter para reforço de oxigênio na respiração. A postagem do prefeito foi criticada por muitos dos seus seguidores, que enxergaram uma violação da privacidade do paciente.

Compartilhe este post: