Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Ministros destacam papel dos supermercados na economia nacional

Paulo Guedes e Rogério Marinho valorizaram setor na posse do novo presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Galassi

A resposta ágil dos supermercados foi essencial para tranquilizar a população diante do medo de desabastecimento no início da pandemia de coronavírus. A avaliação é do ministro da Economia, Paulo Guedes, que, nesta terça-feira (15), participou da posse do novo presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Galassi, ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e do deputado federal Glaustin da Fokus (PSC-GO).

“Deixo aqui um cumprimento muito especial a vocês, supermercadistas, porque, se o Brasil manteve os sinais de vida durante essa pandemia, precisamos lembrar que 90% da distribuição de alimentos depende do setor”, disse Guedes, que, em seguida, estimou crescimento de até 4% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional em 2021. “Estamos otimistas e preparados para o desafio. Queremos vacinação em massa e retorno seguro ao trabalho.”

Já Rogério Marinho ressaltou a necessidade de estreitar laços com o Poder Legislativo. “Em 2014, a Abras diagnosticou que existiam muito mais projetos de lei prejudiciais do que benéficos ao setor”, recordou o ministro. “Naquele momento, eu disse que o importante era ser propositivo dentro do Congresso Nacional, buscar sinergia com um grupo de parlamentares que pensassem de forma parecida e pregassem a desburocratização e a modernização do Estado brasileiro, para superar legislações anacrônicas, bizantinas, ultrapassadas, que prejudicavam e prejudicam a competitividade de quem quer empreender.”

Perspectivas
Eleito por unanimidade em novembro, Galassi assume o cargo em janeiro de 2021. O novo presidente da Abras defende a volta da comercialização dos medicamentos isentos de prescrição (MIPs), a reforma tributária e a adoção do PIX como forma de pagamento de vouchers, a exemplo do vale-alimentação.

Glaustin elogiou o plano de trabalho e se lembrou de seu Projeto de Lei 1774/19, que autoriza supermercados e outros estabelecimentos a vender remédios que não precisam de receita médica. “Esse PL é uma das minhas propostas de maior relevância social, porque beneficia diretamente a população”, expôs. “A proposta facilitaria o acesso a medicamentos em lugares onde não existe farmácia e há uma porta de supermercado sempre aberta, sem falar que indiscutivelmente reduziria o preço dos produtos para os consumidores.”

O deputado também integra a Comissão Mista da Reforma Tributária, instalada em fevereiro de 2020 para elaborar um texto de consenso a partir das propostas que tramitavam na Câmara e no Senado. A agenda de reuniões, porém, foi interrompida após a chegada da pandemia de coronavírus. “Agora, para 2021, isso deve ganhar ainda mais prioridade no Congresso Nacional, justamente para que o nosso Brasil se recupere e volte a crescer”, destacou Glaustin.

Galassi ressaltou como outras prioridades de seu mandato o fortalecimento institucional e a modernização interna, ao investir em pessoas, processos, tecnologia e estrutura. “Queremos que a Abras se torne referência em associação setorial e amplie a capacitação profissional virtual no setor, reforçando os conteúdos nas áreas social, ambiental e de governança.”

Origem
Natural de Campinas, interior de São Paulo, o novo presidente da Abras se formou em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e possui MBA em Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ele iniciou sua carreira empresarial nos negócios da família, contribuindo com o desenvolvimento da rede de Supermercados Galassi, com mais de 50 anos de existência em sua cidade natal.

“É uma grande honra presidir a Associação de Brasileira de Supermercados e poder contribuir com o fortalecimento dessa entidade tão representativa no cenário empresarial do país”, declarou João Galassi. “Assumo esse novo desafio com muita responsabilidade e com o objetivo de trabalhar pela evolução e competitividade do ambiente de negócios no Brasil.”

Atual vice-presidente da Abras, o futuro gestor já presidiu a Associação Paulista de Supermercados (Apas), de 2010 a 2014. Como empreendedor, Galassi ainda trabalha nas áreas educacional e de eventos corporativos, além de atuar em conselhos de Administração de empresas de diferentes setores.

Compartilhe este post: