Notícias

Mulheres correspondem a 60% dos inscritos no Enem 2020

Mulheres correspondem a 60% das inscrições confirmadas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Do total de 5.783.357 inscrições, 3.468.808 são do público feminino. Na versão impressa do exame, 5.687.271 pessoas se inscreveram, ao todo. Desse total, 3.413.206 (60%) são mulheres. Já na versão digital, 96.086 pessoas confirmaram sua inscrição, sendo 55.602 (57%) do sexo feminino.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recebeu ainda 1.661 solicitações de atendimento especializado para gestantes e 3.419 para lactantes. Tanto participantes grávidas quanto mães em fase de amamentação têm direito a recursos de acessibilidade, como sala de fácil acesso, mesa e cadeira sem braços, além de apoio para pernas e pés.

No caso de lactantes, porém, é obrigatório levar um responsável (adulto) para cuidar da criança durante o período de prova. A pessoa ficará em uma sala reservada com o bebê. Uma novidade prevista para a edição de 2020 do Enem é o tempo adicional de 60 minutos para participantes em período de aleitamento materno, que solicitaram esse tipo de atendimento no sistema de inscrição. Para isso, a mãe deve comprovar a necessidade da amamentação, conforme previsto no edital do exame, além de estar acompanhada do bebê e do acompanhante, no dia da aplicação.

Acessibilidade

A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep garante atendimento especializado aos participantes no Enem impresso, com 16 recursos de acessibilidade. Gestantes e mães em fase de amamentação estão entre os perfis que podem solicitar recursos especiais. Para comprovar a necessidade de atendimento, é necessária a apresentação de documento comprobatório pelo inscrito. A responsabilidade de acompanhar o andamento e a aprovação da solicitação também é do participante.

Os resultados dos pedidos de atendimento especializado foram divulgados em 5 de junho. De 8 a 12 do mesmo mês, os inscritos puderam entrar com recurso, diante do resultado publicado pelo Inep. No dia 18 de junho, o instituto apresentou os resultados para os recursos.

Enem Digital

O Enem terá aplicação digital a partir de 2021. A modalidade é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios definidos pelo edital, com número respectivo de vagas. No primeiro ano da novidade, a aplicação ocorrerá em modelo-piloto. A implantação do Enem Digital será progressiva, com previsão de consolidação em 2026. Nesta edição, apenas os estudantes concluintes do ensino médio, ou que já terminaram a etapa em anos anteriores, e não precisam de recurso de acessibilidade puderam se inscrever para fazer as provas. Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação e não será possível utilizar equipamento pessoal. As provas estão marcadas para os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Mayara Ferreira

Estagiária supervisionada pelo editor Jorge Borges

Arquivos relacionados