Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
27 de Fevereiro de 2021

Na UTI em São Paulo, Maguito Vilela toma posse como prefeito de Goiânia

Antes do início da solenidade, foi enviado um documento ao Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para que ele assinasse digitalmente. Também foram empossados o vice-prefeito, Rogério Cruz, e os 35 vereadores da Capital

O prefeito Maguito Vilela (MDB), o vice, Rogério Cruz (Republicanos), e os 35 vereadores de Goiânia foram empossados na tarde de ontem, 1º. Maguito, internado há 72 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar de complicações da Covid-19, foi empossado virtualmente, por meio de uma assinatura eletrônica. O documento foi enviado antes do início da solenidade para o prefeito no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.
“Foi protocolada uma petição comprovando o seu estado de saúde, o qual o impossibilita de participar presencialmente e solicitada a participação de maneira virtual. Foi enviado por mim um arquivo eletrônico com termo de posse e compromisso, que já foi assinado”, disse o presidente da sessão, Isaías Ribeiro (Republicanos), vereador mais votado da Capital.
Segundo o médico pneumologista e genro do chefe do Executivo goianiense, Marcelo Rabahi, que acompanha a recuperação do prefeito, “Maguito está no melhor dia de sua recuperação”. Ele segue traqueostomizado, mas tem boa respiração, está consciente, interagindo, e recebe sedação leve apenas na hora de dormir.
Após a posse virtual de Maguito, o vice, Rogério Cruz, também foi empossado. Será feito um pedido de licença do prefeito enquanto ele segue se recuperando e Rogério assumirá a administração interinamente. “Já disse e repito, sou um fiel soldado do prefeito Maguito e juntos cumpriremos nossa missão em retribuição à confiança de nossos cidadãos para que possamos fazer uma Goiânia cada vez melhor”, disse o vice-prefeito.
Ele também falou sobre os desafios de administrar a Capital durante a pandemia de Covid-19. “Não arredaremos o pé na defesa do povo, sobretudo dos mais necessitados. Sabemos que não será uma tarefa simples a adaptação a esses novos tempos e desafios. É necessário inovar e reinventar as formas de gerir para amparar os mais vulneráveis, oferecer serviços públicos adequados e de fácil acesso, além de desenvolver uma gestão eficiente para uma Goiânia economicamente competitiva e com qualidade de vida”, afirmou.
A sessão teve quantidade restrita de convidados devido à pandemia, mas na entrada do Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal, na Universidade Federal de Goiás, houve aglomeração e muitas pessoas, inclusive os eleitos, sem máscara. Um por um, os vereadores assinaram o termo de posse usando canetas individuais. Léo José, do PTB, tomou posse de maneira remota, por videochamada, por estar em isolamento devido à Covid-19.
No discurso representando todos os vereadores, Anselmo Pereira (MDB) desejou melhoras ao novo prefeito. “Maguito Vilela está diariamente em nossas orações para que se recupere e possa assumir suas funções. Temos absoluta certeza de que ele vai desempenhar uma boa gestão na Prefeitura de Goiânia. Nesse tempo, temos certeza de que Rogério Cruz dará conta de administrar a cidade”, declarou.

Compartilhe este post: