Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

No Paço Municipal de Goiânia, apenas duas mulheres figuram no secretariado

Prefeito Rogério Cruz é pastor da Igreja Universal, que defende para as mulheres um papel de submissão aos homens em casa e na sociedade

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz, do Republicanos, montou um secretariado com apenas duas mulheres – das 28 pastas do 1º escalão, apenas a advogada Marcela Araújo (Administração) e a ex-vereadora Tatiana Lemos (Políticas Públicas para as Mulheres) ocupam espaço.

Em repetidas entrevistas, Rogério Cruz tem justificado a escolha dos membros da sua equipe como de responsabilidade do prefeito eleito Maguito Vilela, que faleceu em São Paulo vítima da Covid-19 e não pôde assumir o cargo. Antes, contudo, teria de alguma forma deixado as indicações para a formação da equipe do Paço Municipal.

Maguito, no entanto, foi intubado e praticamente perdeu a condição de se comunicar desde antes do 1º turno, em 15 de novembro. Ele dificilmente teria mantido conversas e avaliações sobre a composição futura do secretariado municipal de Goiânia. Há quem acredite até que ele pode ter chegado a óbito sem sequer saber que venceu a eleição.

Rogério Cruz é pastor da Igreja Universal, seita evangélica que é muito conservadora e defende para as mulheres um papel de submissão ao homem. Edir Macedo, líder da igreja, aparece em um vídeo postado pela própria Universal na internet anunciando que “não permitiu que as filhas, Cristiane e Viviane, fizessem faculdade, justificando que caso elas estudassem, poderia acabar como ‘cabeças’ da família e o fracasso seria certo”.

Nas poucas dezenas de fotos em que o prefeito de Goiânia aparece, no Google Imagens, em apenas uma há mulheres. Foi na sexta, 29 de janeiro, quando um programa de descontos no IPTU para famílias de baixa renda foi lançado e  posou ao lado de uma suposta beneficiária, que aparece junto a Rogério Cruz segurando um talão do imposto. Nas demais, há sempre cavaleiros em excesso e raramente uma dama. 

Alguns sites informam que ele o prefeito casado com Telma e tem dois filhos, Elom e Rogério Júnior. Mesmo com ela, não há registros fotográficos publicados, a não ser algumas na solenidade em que tomou posse, na Câmara Municipal, em que aparece ao lado e segurando a mão da esposa. Telma, na condição de primeira-dama, ainda não foi designada para nenhuma função ou representação na estrutura do Paço Municipal.

Da Redação

Foto: Divulgação

Compartilhe este post: