Segunda, 20 de Setembro de 2021
20 de Setembro de 2021
Publicidade

Nos pênaltis, Grêmio Anápolis faz história e é Campeão Goiano de 2021

Na 16ª final entre a Capital e o interior deu Grêmio Anápolis. A equipe anapolina, fundada em 1999, conquistou, ontem, o seu primeiro título do Goianão e entrou para o seleto grupo de vencedores do interior (Anápolis, Crac – duas vezes –, Goiatuba e Itumbiara). Desde 2008, quando o Itumbiara desbancou o Goiás na final, não tínhamos um campeão que não fosse de Goiânia.

Após empatarem por 1 a 1 no primeiro jogo da final, disputado no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, Vila Nova e Grêmio Anápolis voltaram a repetir o placar neste domingo, 23, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. Com o resultado, a disputa pelo título foi para as penalidades.

O Grêmio Anápolis, que já havia vencido nos pênaltis o favorito Atlético/GO na semifinal, repetiu a dose ontem. A equipe do interior não errou nenhuma cobrança e venceu por 5 a 4. Arthur Rezende, do Vila Nova, errou a segunda cobrança para o Colorado. Ao Vila Nova restam as lamentações, pois, com a perda do título em casa, o Tigre soma 16 anos sem a conquista de um Campeonato Goiano.

 

O jogo
Com o empate no primeiro jogo da final, Vila Nova e Grêmio começaram o segundo jogo com um futebol aberto. Nos primeiros 10 minutos, o domínio territorial era vilanovense. Após isso, a Raposa ajustou o time em campo e passou a ter o domínio das ações, tanto que o atacante Vinícius teve a melhor chance real do primeiro tempo ao sair cara a cara com o goleiro Georgemy e acabou tocando a direita do arqueiro. E assim terminou a primeira etapa. Vila Nova 0 X 0 Grêmio Anápolis.

As emoções do segundo tempo dignificaram a presença das duas equipes na finalíssima. Aos 15 minutos, em cobrança de falta na área, Vinicius, do Grêmio Anápolis, cabeceou colocado à direita do goleiro Georgemy. Grêmio Anápolis 1 a 0.

Após o gol, o time vilanovense se descontrolou emocionalmente, e quase toma o segundo num contra-ataque desperdiçado pelo artilheiro Lucão. Numa jogada despretensiosa aos 25 minutos, o zagueiro anapolino perdeu a bola para o atacante Pedro Júnior, que tocou para Kelvin e ele estufou as redes. Só que após a revisão no árbitro de vídeo, o juiz Elmo Rezende anulou o gol, apontando falta do atacante no defensor. Desespero dos vilanovenses.

O Grêmio Anápolis estava sabendo sofrer, mas aos 39 minutos, após um bate e rebate, a bola sobrou para William Formiga, que, mesmo contundido, emendou um chutaço e empatou a partida. Vila Nova 1 X 1 Grêmio Anápolis.
Assim seguiu até o final do jogo. A partida foi para os pênaltis e com 100% de aproveitamento nas cobranças, o time de Anápolis escreveu seu nome na história. Grêmio Anápolis, Campeão Goiano de 2021.

Compartilhe este post: