Quinta, 05 de Agosto de 2021
05 de Agosto de 2021
Publicidade

Operação desarticula associação criminosa suspeita de furtar agência bancária em Firminópolis

Durante a ação os policiais apreenderam três armas de fogo, munições, um veículo adulterado, parte do dinheiro furtado, além de ferramentas utilizadas para arrombar um dos caixas eletrônicos da instituição financeira

Edna Barbosa  

Na manhã de ontem, 6, as forças de segurança apresentaram os resultados da operação integrada que desarticulou um grupo criminoso suspeito de furtar agência bancária, em Firminópolis, no Auditório da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás. O resultado de toda a ação  integrada culminou na desarticulação do grupo criminoso e na apreensão de três armas de fogo, munições, um veículo adulterado, parte do dinheiro furtado, além de ferramentas utilizadas para arrombar um dos caixas eletrônicos da instituição financeira. Na coletiva de imprensa o delegado titular do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB/Deic), Fabrício Flávio Rodrigues, disse que além dos três criminosos envolvidos no crime de furto, um outro suspeito envolvido na mesma ação, teria fugido.  

“Esses três indivíduos chegaram a quebrar os vidros da agência bancária, adentraram, colocaram explosivos no caixa eletrônico e conseguiram acessar o dinheiro que estava no caixa. Depois disso eles se evadiram do local. Na fuga eles confrontaram a equipe policial e levaram a pior”, enfatizou o delegado.  

A polícia acredita na participação de um outro integrante que possivelmente seria menor de idade e, deve continuar com as investigações. “Nessas ações criminosas de roubo ou furto a bancos geralmente demandam um estudo da cidade, do banco e suas vulnerabilidade, então acreditamos que existam outros participantes. A princípio o inquérito policial foi instaurado para apurar o envolvimento de um quarto indivíduo que conseguiu fugir. Porém, há uma possibilidade de que existam mais pessoas na cidade, envolvidas com esse grupo criminoso”, ressaltou.  

O capitão da Polícia Militar, Antônio Barnabé – do Batalhão de Rotam, falou do confronto com os criminosos. “De posse de informações privilegiadas, as equipes policiais se deslocaram para as saídas da cidade de Firminópolis, fazendo o fechamento e conseguindo visualizar os criminosos dentro do  veículo que havia praticado a explosão. Ao desobedecerem a ordem de parada que foi estabelecida, eles abandonaram o veículo e  tentaram fugir adentrando em uma região de vegetação. Na perseguição, eles atentaram contra a vida de nossos policiais, que fizeram o revide, culminando na morte de três desses criminosos. Um dos quatro envolvidos conseguiu fugir”, disse.

Foto: Divulgação / SSP-GO

Compartilhe este post: