Terça, 20 de Abril de 2021
20 de Abril de 2021
Publicidade

Operação Formaggio: PC recupera carga de laticínios roubada avaliada em R$ 500 mil

A Polícia Civil de Goiás recuperou, nesta quinta-feira (18/02), uma carga de laticínios que havia sido roubada. A mercadoria, avaliada em R$ 500 mil, foi subtraída em São Luís do Norte, município da região do Vale do São Patrício. Durante a Operação Formaggio, que contou com apoio operacional da Polícia Militar, três pessoas foram presas. Elas são suspeitas de integrar uma associação criminosa, especializada no roubo e receptação de cargas alimentícias.

Segundo a investigação da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), o crime apurado foi registrado no último dia 12. O motorista do caminhão realizava o transporte da mercadoria quando foi abordado pelos suspeitos. Ele chegou a ser mantido em cárcere privado, sob grave ameaça. Os policiais civis e militares então começaram a realizar levantamentos, que resultaram na identificação e no cumprimento dos mandados de prisão nesta quinta-feira. Entre os detidos estavam dois empresários, já presos pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado Alexandre Bruno de Barros, titular da especializada, foi identificada durante a investigação a existência de um amplo esquema criminoso, que contava ainda com a participação de proprietários de supermercados. “Os empresários fazem um consórcio criminoso e contratam pessoas para subtrair essas cargas. Elas chegam a eles a preço de banana. Uma carga de R$ 500 mil, eles pagam R$ 80 mil e revendem para o consumidor final como se fossem lícitas, não recolhendo a tributação”, disse.

O grupo criminoso teria causado prejuízo de R$ 10 milhões ao setor, com crimes praticados nos últimos 12 meses. “Eles iam enriquecendo cada vez mais. Enquanto isso o fabricante e o segurador ficavam com o prejuízo”, pontuou. Segundo a apuração, as mercadorias roubadas eram comercializadas pelos suspeitos em estabelecimentos comerciais da região metropolitana de Goiânia. “Agora vamos prosseguir no sentido de pleitear a prisão dessas pessoas”, ressaltou o delegado.

A carga roubada foi encontrada pelas equipes em um supermercado da região e restituída às vítimas. No decorrer das diligências, também foram apreendidos mais de R$ 45 mil em espécie e R$ 630 mil em cheques. Os suspeitos vão responder pelos crimes de receptação e associação criminosa. As empresas identificadas envolvidas nos crimes também serão investigadas. “Essa é mais uma operação da Polícia Civil e das forças de segurança pública de Goiás, que têm trabalhado constantemente para neutralizar essas ações criminosas no estado”, completou.

Compartilhe este post: