Terça, 09 de Março de 2021
09 de Março de 2021

Oposição fragilizada em Goiás

Derrotas em 2018 e 2020 diminuem o “poder de fogo” do MDB, PSDB, PSD, Republicanos, Progressistas, PL e PT diante da próxima eleição para governador, senador, deputados federal e estadual

Os principais partidos oposicionistas de Goiás – MDB, PSDB, PSD, Republicanos, Progressistas, PL e PT – em contraposição ao DEM e aliados do governador Ronaldo Caiado, vivem momentos de fragilidade, em consequência dos insucessos eleitorais de 2018 e 2020.

Esse ambiente de pessimismo toma conta dos dirigentes das legendas, que poderão fazer revisão de estratégias e alianças para o pleito que se aproxima, o de 2022, quando haverá disputa para governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Para piorar a situação dos partidos de oposição, prefeitos recém empossados pelo MDB, PSDB, PSD, Republicanos, Progressistas e PL admitem trocar de legenda, ingressando, principalmente, no DEM, para reforçar o projeto de reeleição do governador Ronaldo Caiado – cada vez mais com a aparência de irreversível.

Leia mais na edição online: https://diariodeaparecida.com.br/

Compartilhe este post: