Segunda, 20 de Setembro de 2021
20 de Setembro de 2021
Publicidade

Parceria do governo do Estado com Sebrae Goiás assegura R$ 40 milhões em crédito para pequenos negócios

Já são 933 empréstimos liberados nos últimos 12 meses. Operações são viabilizadas por meio de convênio que permite à GoiásFomento operar com Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas

Ogoverno de Goiás, por meio da Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento), viabilizou, nos últimos 12 meses, 933 empréstimos, no valor total de R$ 40 milhões, para micro e pequenas empresas, além de microempreendedores individuais (MEI). Isso foi possível graças a convênio firmado com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Goiás (Sebrae-GO) e que permitiu operar o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe) da entidade.
O convênio da Agência de Fomento com o Sebrae Goiás foi firmado em abril de 2020, possui validade de 60 meses e destinou R$ 36 milhões para a instituição financeira operar o Fampe. Segundo o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, o montante repassado pelo Sebrae-GO facilitou o acesso ao crédito por parte dos pequenos negócios de Goiás que estão prejudicados pela pandemia do novo coronavírus.
Rivael ponderou que o fato de a instituição financeira passar a operar o Fampe representou grande avanço no acesso ao crédito por parte dos pequenos empreendedores e das microempresas do Estado. Isso porque, conforme observou, anteriormente, muitos clientes não conseguiam obter financiamento por falta de avalista. “Agora, o Fundo de Aval do Sebrae Goiás representou importante ação para desburocratizar o processo de contratação do empréstimo”, destacou.

O que é o Fampe
O Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas (Fampe) concede aval complementar aos pequenos negócios, quando esses não possuem todas as garantias necessárias para obter um financiamento. Ele é destinado ao microempreendedor individual (MEI), à microempresa e às empresas de pequeno porte com faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões.
O Fundo atende os pequenos negócios dos setores de comércio, indústria, serviço e as agroindústrias. Garante até 80% de um financiamento bancário, limitado a um determinado valor, conforme o porte empresarial e a modalidade de crédito.
Parceria no
atendimento
O analista e interlocutor de crédito do Sebrae Goiás Giovane Ferreira de Carvalho ressaltou que, além do convênio do Fampe, a entidade desenvolve trabalho em parceria com a GoiásFomento para apoiar os pequenos negócios goianos no que se refere às linhas de crédito emergenciais do Programa Estadual de Apoio ao Empreendedor (Peame), lançado pelo governador Ronaldo Caiado no dia 16 de março último. Esse programa disponibilizou R$ 112 milhões para financiamentos com juro zero, subsidiado pelo governo do Estado.
De acordo com Giovane Ferreira, no último dia 18 de março, o Sebrae, com a participação da Agência de Fomento, promoveu capacitação para 98 colaboradores do atendimento e consultores da entidade. Essas pessoas passaram a orientar os clientes interessados nas linhas do Peame.
Orientações
O analista informou ainda que, no período de 30 de março a 5 de abril último, a Central de Relacionamentos do Sebrae Goiás ligou para 1.500 empresários, para dirimir dúvidas e prestar orientações sobre as linhas emergenciais do programa. Do total contatado, 193 solicitaram atendimento especializado e foram agendados para falar com os consultores da entidade. “Nos próximos dias, pretendemos atender mais 1.500 empreendedores, orientando-os e prestando-lhes informações sobre as linhas emergenciais do Peame da GoiásFomento”, afirmou.
Os empreendedores interessados nas linhas de crédito do Peame podem solicitar o empréstimo diretamente no site www.goiasfomento.com. Além do atendimento prestado pelo Sebrae Goiás, os correspondentes de crédito da GoiásFomento atuam em todo o território goiano.

Compartilhe este post: