Segunda, 20 de Setembro de 2021
20 de Setembro de 2021
Publicidade

Piada: Mendanha procura a cúpula nacional do MDB para barrar Daniel Vilela

Em solenidade de lançamento do projeto “Todos por um Só Brasil”, prefeito aparecidense tentou passar a ideia de que estava conspirando pela candidatura própria em Goiás. Após postagem em suas redes sociais sobre encontro com Baleia Rossi e com Temer, Gustavo Mendanha colheu uma enxurrada de comentários negativos dos internautas

O prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, anunciou na reunião do diretório municipal do MDB, na última segunda-feira, 23, que iria a Brasília para procurar a cúpula nacional do partido e exigir providências contra o presidente estadual da sigla, Daniel Vilela – e cumpriu a promessa.

Ontem, 25, Mendanha amanheceu no Distrito Federal, acompanhado pelo deputado estadual Paulo Cezar Martins, praticamente o único apoio que ele tem na cruzada contra a aliança emedebista com o governador Ronaldo Caiado em 2022 e a favor do lançamento de candidato próprio – o outro ao seu lado é o excêntrico presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, que é filiado ao MDB.

O prefeito aparecidense foi participar da cerimônia de lançamento do projeto “Todos por um Só Brasil”, elaborado para debates promovidos pela Fundação Ulysses Guimarães em todo o País e com influência direta do ex-presidente Michel Temer. Detalhe: o diretório estadual de Goiás não participou – não se sabe se foi ou não convidado ou se não deu importância ao convite.

Mendanha, oportunista, pegou carona na ideia, que está por trás da tentativa de construir uma candidatura de centro à Presidência da República, com o lançamento da senadora mato-grossense do sul Simone Tebet como representante emedebista na disputa nacional do ano que vem – uma proposta que ainda está longe de ser majoritária dentro do partido.

Ele pulou como uma perereca para conseguir ser fotografado ao lado do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, e do ex-presidente Michel Temer, guru emedebista. No Facebook, Mendanha postou fotos em que aparece formalmente ao lado de Baleia e de Temer, deixando claro que apenas participou da solenidade e não desenvolveu uma audiência particular com qualquer um deles para “denunciar” a aproximação do presidente goiano do MDB, Daniel Vilela, com o governador Ronaldo Caiado, do DEM.

Mas foi só um jogo de cena. Mendanha, a não ser que seja um bobão, sabe que o deputado federal Baleia Rossi, presidente nacional do MDB, é amigo íntimo de Daniel Vilela – amizade que se aprofundou durante o mandato do filho e herdeiro político de Maguito Vilela na Câmara Federal. Graças a Baleia, Daniel teve visibilidade como deputado federal, presidindo comissões importantes e até mesmo chegando a comandar a Comissão de Constituição e Justiça, a principal da Casa.

Baleia e Daniel, Daniel e Baleia são carne e unha. No final das contas, isso apenas confirma que Mendanha é um especialista em blefes, tentando passar a imagem de que tem apoio para as suas teses de candidatura própria do MDB a governador, contra o apoio que a maioria esmagadora do partido dá à reeleição de Caiado. Ele blefou, por exemplo, ao mentir que 80% dos prefeitos emedebistas estariam ao seu lado, sendo imediatamente desmentido pelo manifesto assinado por 27 deles pró-Caiado. Ele, o 28º, foi o único que não subscreveu o documento. Quem blefa uma vez, blefa duas, três, quatro…

 

 

Desastre: redes sociais reagem muito mal às fotos do prefeito com Baleia Rossi e Michel Temer

A postagem do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, no Facebook, informando que estava em Brasília na manhã de ontem, 25, para participar de um encontro do MDB, com fotos em que posa ao lado do presidente nacional Baleia Rossi e do ex-presidente da República Michel Temer, repercutiu muito mal entre os seguidores do perfil de Mendanha.

Uma enxurrada de comentários negativos se sucedeu depois que o prefeito aparecidense pendurou três fotos com Baleia e Temer, além do deputado estadual Paulo Cezar Martins, informando, textualmente: “Participo ao lado do ex-presidente da República @micheltemer e do presidente nacional do MDB, @baleia.rossi, do lançamento do projeto “Todos por um só Brasil” do @mdb_nacional. O documento, elaborado pela Fundação Ulysses Guimarães (@fugnacional), reúne ideias para nortear os programas de governo dos candidatos do MDB em nível nacional e estadual.”

“Mas sai fora dessa turma aí!! Aí é final de carreira!! Fundo do poço!!”, comentou Márcio Rafael Santos. “Começou bem mal com esses picaretas Temer e Baleia Rossi”, escreveu Rafael Ferreira. “Admiro vc como Prefeito de Aparecida, mas vc apoiando essa corja, me decepcionei. Perdeu meu voto pra governador”, arrematou Lana Marize.

Mais de 100 seguidores, em até meia hora depois que Mendanha postou a notícia da sua presença em Brasília no evento do MDB, registraram opiniões desfavoráveis e, sem exagero, xingaram o prefeito. Vejam este internauta: “Michel Temer… só faltou Marconi Perillo na foto. Tenha sabedoria Gustavo, vc é homem de bem, em memória de Maguito respeite o Daniel Vilella que é seu amigo verdadeiro, vaidade não leva ninguém para um bom caminho”, advertiu Leo Machado.

Mendanha não respondeu a ninguém. Aliás, esse é o estilo dele nas redes sociais: não interage e não se comunica com os seus seguidores, apenas posta e some. Cala-se. Nada disse, por exemplo, para Rondinelly Sorella, que comentou: “Aí queima na largada… Fica fácil para Caiado!!!”. Ou Hermes Fernandes: “Cola mesmo, prefeito, no Temer e no Baleia, logo estarás roubando igualmente.” (Helton Lenine / jornalismo@diariodeaparecida.com)

Compartilhe este post: