Terça, 21 de Setembro de 2021
21 de Setembro de 2021
Publicidade

Polícia Militar prende dois suspeitos de subtrair dinheiro de caixas eletrônicos em Aparecida

Organização criminosa é suspeita de cometer crime a uma unidade da Caixa Econômica Federal localizada na Avenida Independência, no Setor Residencial Village Garavelo

Na manhã de ontem, 8, a Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) registrou uma ocorrência em que membros de uma organização criminosa teriam roubado um banco da Caixa Econômica Federal, localizado na Avenida Independência, no Setor Residencial Village Garavelo, em Aparecida de Goiânia. Durante as ações policiais, dois indivíduos foram presos e um veículo foi recuperado.

 

O crime

De acordo com informações policiais, o roubo aconteceu na manhã de ontem, 8, quando um bando, formado por cinco homens, entrou na agência bancária e roubou todo o dinheiro que seria utilizado para abastecimento dos caixas eletrônicos da agência, que fica nas imediações do Shopping Aparecida, unidade situada na Avenida Independência.

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, informou ao Diário de Aparecida que, no momento do roubo, um servidor da Polícia Civil passava pelo local e seguiu um dos veículos envolvidos, vindo a acionar a Polícia Militar para abordagem. A PM-GO acredita que a organização criminosa possa ser composta por mais pessoas e as investigações devem continuar.

Três membros ou mais podem ter fugido com o dinheiro, que até o fechamento desta matéria não havia sido recuperado. No momento do crime, o bando teria rendido um funcionário da agência em um corredor interno, quando ele ia fazer o trabalho de “alimentação” dos caixas eletrônicos com as novas cédulas.

A PM-GO suspeita que os criminosos podem ter passado a noite observando o local. De acordo com o funcionário da agência, que teve sua identidade resguardada, os criminosos não chegaram a mostrar armas, porém, havia um volume escondido embaixo das vestes dos bandidos que poderia ser do armamento.

 

A agência

A Caixa Econômica Federal não chegou a divulgar a quantidade de dinheiro que foi levada pela quadrilha. As polícias Civil e Militar trabalham juntas para tentar recuperar o valor que foi roubado dos caixas e prender o restante dos envolvidos no crime. (Por Edna Barbosa / jornalismo@diariodeaparecida.com)

Compartilhe este post: