Segunda, 20 de Setembro de 2021
20 de Setembro de 2021
Publicidade

População se revolta ao flagrar máquinas da prefeitura realizando serviços particulares

Imagens, textos e áudios foram enviados ao Diário de Aparecida. Cidadãos aparecidenses estão indignados e pedem ao jornal que os ajude na busca de respostas da gestão municipal

A 3ª etapa da copa “Mini Enduros Fim”, atividade esportiva semelhante ao motocross, ocorreu no último domingo, 29, na Chácara Fabiano, no Conjunto Planície, em Aparecida de Goiânia. O evento acontece todos os anos na cidade. Mas desta vez os cidadãos aparecidenses estranharam uma parceria com a gestão pública. Ao Diário de Aparecida chegou a denúncia de que no local da competição havia máquinas pertencentes ao poder público municipal trabalhando no nivelamento do solo. Populares flagraram a ação dos tratores e registraram as imagens.

Reclamações em tom de revolta foram enviadas à redação do DA. Nos aúdios, é visível o sentimento de indignação devido à percepção que tiveram do flagrante. Por meio de textos e áudios, os reclamantes diziam que os responsáveis pelo absurdo estavam tratando a prefeitura como se fossem a ‘casa deles’. Diziam estar encabulados de a prefeitura ter a capacidade de enviar máquinas para serviço particular diante da necessidade de dezenas de bairros que precisam de tratores para consertar erosões, buracos ou nivelamento de ruas.

“Para consertar buracos e erosões não tem máquina, né? Mas para liberar para terceiros, tem! Isso é uma vergonha! Cadê as leis? Cadê o secretário responsável? O senhor está usando os tratores sem autorização da Câmara Municipal?”, indagavam alguns aparecidenses.

Eles argumentaram ainda que não reconhecem ser correto utilizar máquinas do serviço público para benefício próprio. “Os vereadores teriam que aprovar tal coisa. As máquinas, o óleo e o funcionário que opera o trator são para servir à comunidade. Uma vergonha!”, diz um dos denunciantes. Outro enfatiza que, por vezes, presidentes de bairro pedem à prefeitura que o maquinário passe pelas ruas repletas de pedregulhos e poeira e raramente são atendidos.

 

Resposta da prefeitura

Solicitada para se pronunciar sobre o flagrante, a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) da Prefeitura de Aparecida de Goiânia respondeu que tudo se tratava de uma contrapartida da administração da cidade.

Já a Secretaria de Esportes de Aparecida informou que o evento esportivo, que tem etapa realizada na cidade anualmente, conta com parceria da administração municipal. Informa que uma das contrapartidas do município como forma de apoio ao esporte é o nivelamento da pista onde os atletas irão disputar a prova, assim, maquinários do município, que não estão atuando em obras de pavimentação, foram cedidos, por meio de ofício encaminhado às secretarias de Esporte e de Infraestrutura, para a realização do serviço. (Por Ana Paula Arantes / jornalismo@diariodeaparecida.com)

Compartilhe este post: