Sábado, 24 de Julho de 2021
24 de Julho de 2021
Publicidade

Por meio de sorteio, Governo de Goiás beneficia 83 famílias com apartamentos, em Aparecida

Moradias sorteadas correspondem à cota de 40% do Estado do total de 208 unidades e estão localizadas no Residencial Agenor Modesto. Empreendimento conta com parceria dos governos federal, estadual e municipal. “Estamos fazendo essa seleção de forma eletrônica com toda lisura e seriedade que o programa exige e seguindo padrão de transparência pública, que é marca na gestão do governador Ronaldo Caiado”, destaca Gracinha Caiado

O sonho da casa própria virou realidade para 83 famílias goianas contempladas com uma unidade habitacional do Residencial Agenor Modesto, em Aparecida de Goiânia. O sorteio foi realizado nesta sexta-feira (26/03), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em cerimônia comandada pela coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, acompanhada pelo presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Lucas Fernandes.
“Hoje é um dia muito importante. Realizar esse sonho da casa própria, sem dúvidas, é um desejo de toda a população e também de todos nós que estamos presenciando esse sorteio”, afirmou Gracinha.

As inscrições para concorrer aos apartamentos foram abertas dia 1º de março. No total, 6.647 pessoas foram consideradas aptas a participar. Agora, os 83 contemplados foram escolhidos por sorteio eletrônico, com software desenvolvido pela própria agência, e transmitido ao vivo. “Estamos fazendo essa seleção de forma eletrônica com toda a lisura e seriedade que o programa exige e seguindo o padrão de transparência pública, que é marca na gestão do governador Ronaldo Caiado”, destacou Gracinha Caiado. Representante do Ministério Público, o promotor de Justiça Maurício Nardini acompanhou o sorteio.

O Residencial Agenor Modesto é um projeto que conta com parceria entre o governo federal, governo estadual e Prefeitura de Aparecida de Goiânia. Conforme a primeira-dama, a seleção desta sexta-feira se refere ao percentual do Estado. “Esse processo seletivo corresponde à cota de 40% do Governo de Goiás do total de 208 apartamentos”, explicou. Em atendimento às cotas legais, o sorteio foi dividido por grupos: 5% das unidades para idosos, e outros 5% para pessoas com deficiência. A legislação federal prevê ainda que as famílias que possuem algum integrante com microcefalia não participam do sorteio, tendo acesso direto à moradia, desde que atendam aos critérios do processo seletivo.

Por meio do programa Casa Verde e Amarela, que substituiu o Minha Casa Minha Vida, o empreendimento contou com investimento total de R$ 18,8 milhões, sendo que R$ 2,7 milhões de recursos são oriundos do Estado. Já o terreno foi doado pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia. O residencial vem para atender às famílias mais vulneráveis com moradia digna, em condições facilitadas. “Essa é uma regra do governador Ronaldo Caiado e do Governo: sermos transparentes, éticos, corretos e possibilitar, àqueles que mais precisam, o alcance do seu benefício”, destacou Lucas Fernandes. Cada contemplado vai pagar junto à Caixa Econômica Federal um financiamento com duração de 10 anos, com prestações entre R$ 80 e R$ 270.

Presente de maneira on-line, o vice-governador Lincoln Tejota ressaltou que o Governo de Goiás não tem medido esforços para diminuir as diferenças sociais em todo o Estado. “Isso é sentido principalmente pela população mais carente, que muitas vezes vive à margem do desenvolvimento humano. Estamos construindo um Estado melhor para se viver”, disse. Da mesma forma, o defensor público-geral do Estado (DPE-GO), Domilson Rabelo manifestou satisfação em participar de um momento tão importante da política de acesso à moradia digna. “Goiás está num trilho bastante produtivo e propositivo.”

O sorteio desta sexta-feira ainda formou um cadastro de reserva com 40 pessoas. Em caso de desistência ou se algum contemplado não apresentar a documentação exigida, eles podem ser chamados para receber o apartamento. A partir do próximo dia 30, a Agehab começa a convocar os contemplados para apresentar a documentação comprobatória das informações declaradas no ato da inscrição. Quem não comprovar será desclassificado e, então, será chamado o próximo da lista.

Superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Evandro Narciso de Lima parabenizou o empenho coletivo para a realização do sorteio. “Realizamos um passo importante para que essas famílias possam ter de fato esse direito social, previsto na Constituição, e tão importante para que possam se constituir”, afirmou. Ao representar os legisladores, o senador Vanderlan Cardoso pediu que Deus continue abençoando o trabalho da primeira-dama e “sua vontade de fazer o bem à nossa população do querido Estado de Goiás”.

Os nomes dos contemplados no sorteio podem ser consultados no link: https://www.agehab.go.gov.br/residenciais/residencial-agenor-modesto-i.html.

O residencial
Os apartamentos do Residencial Agenor Modesto têm 46 metros quadrados, com dois quartos, banheiro, sala e cozinha integrada, área de serviço e varanda. A área comum conta com uma vaga de estacionamento, quadra poliesportiva, salão de festas, churrasqueira e playground. Ao todo são mais de 12,5 mil metros quadrados de área construída, com 13 blocos, com quatro apartamentos por andar.

Essa é mais uma das ações do Estado na área habitacional. Ao longo dos últimos dois anos, o Governo de Goiás já entregou 4.432 moradias, distribuídas em 14 municípios. Outras 7.826 moradias estão em construção.

O sorteio das 83 unidades foi acompanhado pelo gerente de TI da Agehab, André Luiz Vieira. De forma remota, também participaram o secretário de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), Marcio Cesar Pereira; a procuradora geral do Estado, Juliana Prudente; o controlador-geral do Estado, Henrique Ziller; o senador Luiz do Carmo; o deputado federal Glaustin da Fokus; e os deputados estaduais Álvaro Guimarães e Tião Caroço

Compartilhe este post: