Aparecida

Prefeitura autoriza a reabertura de cinemas

Embora o município de Aparecida de Goiânia esteja em situação crítica no mapa de risco da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, a prefeitura autorizou o funcionamento de várias atividades de lazer. Fechados desde o final de fevereiro, ou seja, há quase três meses, os cinemas poderão voltar a funcionar na cidade. A mudança foi publicada em portaria da Secretaria Municipal de Saúde de ontem, 20, no Diário Oficial Eletrônico, que também permite a reabertura de teatros, museus e bibliotecas. De acordo com a normativa, esses estabelecimentos poderão receber no máximo 30% da capacidade.

No caso de cinemas e teatros, deverá haver intervalo mínimo de 45 minutos entre as sessões para a realização de limpeza e desinfecção das salas. Além disso, no momento da compra do ingresso, é preciso garantir que haja o distanciamento de 1,5 m, com um assento frontal, um posterior e dois laterais vazios entre as poltronas de cada cliente, salvo entre casais ou membros da mesma família ou grupo.

Segundo a Portaria nº 069/2021, os donos dos estabelecimentos são obrigados a realizar gestão e organização da entrada e saída gradativa de frequentadores, de modo a garantir o distanciamento social e evitar aglomerações. Sempre que possível, manter o ambiente arejado, com portas e janelas abertas, permitindo a circulação do ar no ambiente interno, e garantir a adequada manutenção e higienização do sistema de ar-condicionado, conforme normas específicas.

Os administradores devem impedir o acesso de clientes que apresentem sintomas de síndrome gripal, verificando a presença de sintomas como febre e contato pessoal ou convívio no mesmo ambiente com suspeitos de estarem contaminados com a Covid-19, mesmo que apenas relatado. O uso de máscara é obrigatório dentro das casas culturais.

Em relação aos colaboradores, a Portaria nº 069/2021 estabelece que os administradores devem realizar, diariamente, triagem rápida neles, com o objetivo de identificar possíveis casos suspeitos e efetivar medidas de prevenção e controle em tempo oportuno, verificando a presença de sintomas gripais, febre e contato pessoal, ou o convívio no mesmo ambiente com suspeitos de portarem Covid-19, mesmo que apenas relatado. A administração tem a obrigação de garantir aos frequentadores e colaboradores álcool em gel 70% para higienização das mãos.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:Aparecida