Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

Prefeitura diz que cenário é amarelo e flexibiliza ainda mais o isolamento

A decisão de mudança da matriz de risco de Aparecida para o quadro moderado (indicado pelo cenário amarelo) foi acertada pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Aparecida (COE), que apresentou dados técnicos para analisar o quadro epidemiológico do município.
A Portaria que estabelece as mudanças de regra no escalonamento foi publicada no dia 9 de abril no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do município e passou a valer a partir do dia 12 (segunda-feira). O DA noticiou que a decisão do COE foi feita em reunião no dia 6 de abril (terça-feira).
Com a volta ao cenário amarelo, a cidade relaxou ainda mais o escalonamento regional, em que as dez macrozonas do município devem ter o comércio fechado apenas uma vez na semana, de segunda a sexta-feira. No novo cenário, todas as macrozonas podem abrir aos sábados, devendo ficar fechadas aos domingos, com exceção das atividades essenciais.
Um dos fatos polêmicos com relação às falhas do isolamento social em Aparecida é que os motéis foram considerados atividades essenciais pela prefeitura e continuam funcionando normalmente. E ainda as feiras livres, como a do Setor Garavelo, também autorizadas pela prefeitura, acabaram virando cenário de aglomerações, uma situação de risco, já que o índice de ocupação de UTIs na cidade ainda é alto.

Compartilhe este post: