Domingo, 20 de Junho de 2021
20 de Junho de 2021
Publicidade

Prefeitura e Ministério Público discutem medidas para resolver falta de água em Senador Canedo

Na reunião realizada na primeira semana da nova gestão foram apresentados os problemas encontrados na Sanesc e as medidas emergenciais tomadas desde o dia 1° de janeiro

O presidente da Agência de Saneamento de Senador Canedo (Sanesc), Cainã Teodoro, juntamente com o secretário de Planejamento, Indústria e Comércio, Rafael Gonzaga e o procurador do município, Emilio Marques, estiveram em reunião na sede do Ministério Público, em Senador Canedo, para discutir medidas de resolução do problema de abastecimento de água, devido a situação encontrada pela nova gestão.

Cainã entregou um relatório à promotora, Marta Loyola, com detalhes sobre a situação encontrada agência e explicou as medidas tomadas e os resultados obtidos desde o primeiro momento. “Encontramos a Sanesc faltando diesel para os geradores, mas foi o primeiro problema resolvido. Verificamos bombas queimadas nas captações e as 7 bombas reservas também danificadas. Já adquirimos novos equipamentos, iniciamos a instalação na terça-feira (06). Dobramos a produção e alugamos carretas pipa para ajudar na transferência de água para a estação de tratamento”, explicou Cainã.

A promotora explicou que acompanha o caso de perto desde a gestão passada e que até o final de dezembro não obteve resultados. “O MP está acompanhando desde o final do ano passado, existem problemas pontuais que já estão sendo resolvidos de forma emergencial. Hoje a agência nos trouxe um diagnóstico preciso, estão a poucos dias na administração, vamos juntos com o município buscar soluções de forma estruturada, criar um projeto que contemple questões emergências a médio e a longo prazo”, disse a promotora.

O Ministério Público junto com a Sanesc, Seplan e Procuradoria firmaram um acordo para atuarem em conjunto no problema da falta de água em Senador Canedo.

Na reunião realizada na quinta-feira (07), o presidente explicou que a água já estava chegando em parte das residências. No entanto, para o abastecimento dos bairros mais altos, como Residencial Boa Vista e Paraíso seria necessário mais vazão.

Na sexta-feira (08), devido as ações executadas pela prefeitura, por meio da Sanesc, desde o primeiro momento da gestão, a situação da água foi reestabelecida em todas as regiões da cidade, inclusive no Residencial Boa Vista, Paraíso e Buriti que estavam entre os prejudicados. “Agora, o objetivo é fortalecer e estabilizar o sistema para que a falta de água não volte a ser problema”, finalizou Cainã Teodoro, presidente da Sanesc.

Compartilhe este post: