Goiás

Prefeituras goianas decidem não promover carnaval em 2022

Gestores mostram-se preocupados quanto a um possível agravamento da situação de saúde pela variante Ômicron nos municípios

Da Redação

 

Devido a continuidade da pandemia do novo coronavírus e a expansão da contaminação pela variante Ômicron, as prefeituras municipais goianas, como medida de prevenção, pretendem não promover o carnaval esse ano. Muitas delas já decidiram sobre o assunto. Os prefeitos mostram-se preocupados quanto a um possível agravamento da situação de saúde e orientam as populações de seus municípios para que sigam todas as recomendações quanto à prevenção ao vírus.

 

A Associação Goiana de Municípios (AGM) promoveu uma pesquisa junto às prefeituras de cidades que normalmente promovem o carnaval. Dentre elas Caldas Novas, Aruanã, Porangatu, Jaraguá, Cidade de Goiás, Pirenópolis, Goianésia e Minaçu. As administrações dessas localidades já decidiram que não promoverão eventos públicos carnavalescos.

 

Na Cidade de Goiás haverá a permissão de realização de bailes e segundo o Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Borges Santana, a prefeitura vai exigir, com rigor, o cumprimento de todas as normas já definidas para a permissão de aglomerações, incluindo a exigência do passaporte de vacina. Entretanto, recomenda a não promoção do evento.

 

Em Pirenópolis o prefeito Nivaldo Melo informou que já está decidido que a prefeitura não promoverá oficialmente o carnaval. Quanto à autorização para a realização de eventos através da iniciativa privada, a decisão só será tomada nesta semana após uma reunião com o comitê municipal de saúde que trata das questões relacionadas a covid. Em Caldas Novas a decisão também é semelhante e a prefeitura aguarda orientações do comitê local. Mas já decidiu que o poder público não promoverá o carnaval.

 

O prefeito de Minaçu, Carlos Alberto Leréia, afirma que “não podemos correr riscos já que especialistas alertam quanto a possibilidade de um aumento de contaminação pela nova variante da covid, inclusive, podendo gerar novas variantes. Temos que nos precaver”.

 

Em Jaraguá a prefeitura municipal baixou um novo decreto, que entrou em vigor nesta terça-feira, 11, suspendendo as festas de carnaval na cidade. Além disso, restringe em 50% a lotação em comércios e em eventos sociais como casamentos e templos religiosos.

 

O presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Carlos Alberto (Carlão da Fox), elogiou a atitude dos prefeitos, classificando-a como sensata. Lembra que desde o início da pandemia os prefeitos goianos têm se dedicado para combatê-la, seguindo todas as decisões e orientações das autoridades da saúde. Disse ainda que todos devem continuar adotando as medidas necessárias de prevenção para evitar um agravamento da situação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo