Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

Presidente da FGF prepara retorno do Campeonato Goiano e afirma: “Protocolos serão ainda mais rígidos”

André Pitta ressalta que a volta do Goianão será de muito critério por conta do aumento dos casos de Covid-19

Júnior Schumacher 

Paralisado desde 17 de março, o Campeonato Goiano 2021 prepara para retornar às atividades a partir do próximo dia 31 de março. André Luiz Pitta, presidente da Federação Goiana de Futebol (FGF), diz que o retorno será mais criterioso. “A gente conta que nos próximos dias haja uma redução dos casos, até porque sabemos que esse fechamento demanda alguns dias para que se tenha o efeito desejado. Inclusive é nosso interesse apertar ainda mais os nossos protocolos, reduzindo ainda mais as pessoas que vão estar presentes nesses jogos”, declarou Pitta.

Em março de 2020, quando houve a primeira paralisação, o futebol ficou mais de quatro meses sem partidas oficiais. O Goianão da temporada passada foi finalizado somente esse ano. Apesar disso André Pitta acredita que o momento é diferente e que a competição possa ser encerrada na temporada que ela corresponde.

“A diferença do ano passado é que todo mundo não sabia com o que estava lidando. As decisões que sofremos foram de paralisações sem período de retomada. Hoje estamos em um cenário diferente, que é o decreto de 14 dias. Então estamos trabalhando e planejando dentro desse período, pensando na retomada. Se vier outra decisão, iremos avaliar e decidir com base nela”, afirmou.

Após a parada de cerca de quatro meses, o calendário do futebol brasileiro ficou ainda mais apertado. Todos os campeonatos foram disputados e com os mesmos regulamentos de antes da pandemia. A recente paralisação tirou três datas do Goianão, mas André Pitta destaca que a competição terá datas para o encaixe das rodadas atrasadas.

“A princípio o campeonato permanece da forma que foi definido no conselho técnico, com todas as fases mantidas como está no regulamento. Sabemos que a Copa do Brasil possui duas datas para a próxima fase, então uma ficará disponível, ficando duas pendentes. Vamos procurar encaixar ao longo do campeonato para que a gente possa cumprir tudo o que ficou definido”, esclareceu.

De acordo com o calendário pré-estabelecido, Goiás e Jaraguá duelarão no retorno do Goianão, no dia 31 de março, às 21h30, no Estádio Hailé Pinheiro. Sobre a logística, Pitta afirmou que as datas foram pensadas para os clubes poderem viajar tranquilamente.

“Nós tivemos um cuidado de marcar o jogo somente para o dia 31, e ainda ajustamos com o Jaraguá para que eles se desloquem a Goiânia somente no dia do jogo, cumprindo o decreto. No dia 1º, em jogos que necessitam de viagens um pouco mais longas, todas as equipes podem viajar no dia 31 da forma como costumam fazer nas outras rodadas normais”, finalizou o dirigente. 

Foto: Divulgação / Acervo FGF

Compartilhe este post: