Quinta, 05 de Agosto de 2021
05 de Agosto de 2021
Publicidade

PSDB se decepciona com
Daniel sobre aliança em 2022

Helton Lenine 

O ex-governador Marconi Perillo e o ex-prefeito de Catalão Jardel Sebba, cardeais do PSDB, saíram decepcionados da conversa com Daniel Vilela, esta semana, em Goiânia. O filho de Maguito Vilela foi claro: não vai disputar a eleição para governador e só irá discutir alianças do MDB em 2022. Daniel admite, nos bastidores, coligação do MDB com o DEM caiadista. Na foto, Jardel Sebba e Daniel Vilela.

Novo secretário
O vereador Paulo Henrique da Farmácia (PTC) foi nomeado novo titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Economia Criativa. O parlamentar assume o posto que foi deixado por Carlos Júnior no desembarque do MDB.

Exoneração
Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) exonerou a secretária interina de Finanças de Goiânia, Letícia Vila Verde. Ela substituiu Alessandro Melo, que saiu com o grupo do MDB.

Na Comurg
Alex Gama, que veio de Alagoas e indicado pelo Republicanos, já dá as cartas na presidência da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg).

Contemplados
Vereadores de vários partidos, principalmente MDB e Patriota, estão satisfeitos, já que conseguiram emplacar seus protegidos em cargos de 1º e 2º escalões da administração de Rogério Cruz, em Goiânia.

Observando
Ex-prefeito Iris Rezende recebe dezenas de políticos em seu escritório no Setor Marista, em Goiânia, mas não fala nada sobre a gestão de Rogério Cruz e sobre o afastamento do MDB da prefeitura.

Bombeira
Valéria Pettersen, que agora integra o secretariado de Rogério Cruz, quer atuar como “bombeira” entre o Paço Municipal e o MDB de Gustavo Mendanha, jogando água na fervura.

Com Caiado
Presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira avisa que vai deixar o PSB caso o partido não aceite aliança para apoiar a reeleição do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Prazo maior
Lissauer tem prazo até abril de 2022, com a vigência da “janela partidária”, para trocar de legenda e concorrer às eleições.

Sinal amarelo
A possibilidade de o MDB de Daniel Vilela aliar-se ao DEM de Ronaldo Caiado preocupa o PSDB marconista, já que praticamente inviabiliza qualquer projeto oposicionista para 2022.

Assédio
O deputado federal Professor Alcides, que vai deixar o Progressistas, já recebeu convites do MDB, PL e PSD.

Tempo quente
O clima político em Brasília vai ficar quente a partir da próxima semana, com a instalação da CPI da Covid pelo Senado. As orelhas do presidente Jair Bolsonaro vão arder.

Perdas no Congresso
Três senadores já morreram por complicações da Covid-19: José Maranhão (MDB/PB), Major Olímpio (PSL/SP) e Arolde de Oliveira (PSD/RJ), e um deputado federal, José Carlos Schiavinato (PP-PR).

Camila Rosa assume vaga de Valéria na Mesa Diretora
A vereadora Camila Rosa (PSD/foto) assumiu a vaga de primeira secretária da Mesa Diretora da Casa no lugar de Valéria Pettersen (MDB), que se licenciou para assumir a Secretaria de Relações Institucionais em Goiânia. Já a vaga que antes era ocupada por Camila, como segunda secretária da mesa, passa a pertencer ao vereador Gleison Flávio (MDB).

RESUMO

PMN e PSD vão insistir na Justiça sobre a ilegalidade da eleição da chapa Maguito Vilela/Rogério Cruz para a Prefeitura de Goiânia no pleito do ano passado.

TRE de Goiás rejeitou, por unanimidade, ação que pedia a impugnação da chapa que elegeu o prefeito de Goianésia, Leonardo Menezes (DEM).

A votação para destituição do atual presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), Paulo Sérgio Rezende, foi novamente remarcada, agora para o próximo dia 29.

O senador por Goiás Jorge Kajuru (foto) deixou o Cidadania e se filiou ao Podemos, após a polêmica da conversa telefônica com o presidente Jair Bolsonaro. Eleito pelo PRP (hoje Patriota), ele esteve também no PSB. Teve o apoio dos cardeais do Podemos Renata Abreu, Álvaro Dias e José Nelto.

Compartilhe este post: