Domingo, 01 de Agosto de 2021
01 de Agosto de 2021
Publicidade

Reabertura de bares em Aparecida seguirá regras sanitárias rígidas

Fiscalização está realizando trabalho de orientação para evitar que a transmissão da doença aumente

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia publicou, na tarde da última terça-feira, 25, no Diário Oficial Eletrônico do município, portaria que estabelece normas para a retomada do funcionamento dos bares. Antes, somente os restaurantes podiam abrir, mas sem vender bebidas alcóolicas para consumo no local, o que também foi liberado.

A coordenadora do Grupo de Enfrentamento da Covid-19 de Aparecida de Goiânia, Ana Paula Vilela, concedeu entrevista, nesta quinta-feira, 27, ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM. Na oportunidade, ela detalhou as normas que constam da portaria municipal para os apresentadores Marcelo Cabral e Paulo Henrique Santos.

Horário ampliado

De acordo com Ana Paula, os restaurantes também passaram a ter horário de funcionamento ampliado. Anteriormente, podiam abrir das 11 às 15 horas, e depois, à noite, até às 21 horas. Agora, podem funcionar até meia-noite, assim como os bares. No entanto, se esses estabelecimentos desrespeitarem o horário de fechar, estão sujeitos à cobrança de multa, alertou.

A coordenadora informou que, neste momento de pandemia, bares, restaurantes e lanchonetes têm que funcionar com 30% de sua capacidade, isso para consumo no local. Devem ainda observar distância de dois metros entre as mesas, pois os clientes vão comer e beber sem a máscara de proteção facial.

Sem shows

Ana Paula salientou que os bares estão liberados, mas os shows e música ao vivo nesses estabelecimentos permanecem proibidos. O mesmo se refere às brinquedotecas que existem nos bares de maior porte. Elas não foram liberadas devido à dificuldade de higienização dos equipamentos utilizados pelas crianças. Reforçou ainda que não são permitidas mesas do lado de fora dos estabelecimentos.

Questionada por que Aparecida demorou mais de um mês, na comparação com Goiânia, para autorizar a reabertura dos bares, disse que as medidas são avaliadas por um comitê municipal composto por representantes de várias áreas, entre elas a Secretaria Municipal de Saúde.

Acrescentou que o comitê acompanha o cenário epidemiológico do município, enquanto a Prefeitura reforça a capacidade de atendimento à saúde, por meio da ampliação do número de UTIs e da quantidade de testes – já são três sistemas drive-trhu em operação, fazendo o teste RT-PCR na população.

Ela pediu a compreensão e a cooperação dos donos de bares e restaurantes, para que não ocorra o aumento da transmissão da Covid-19 em Aparecida. Esse fato poderia levar a Prefeitura a retroceder nas medidas de liberação já tomadas.

Lembrou que os estabelecimentos estão sendo fiscalizados. Aqueles que não seguirem as normas sanitárias determinadas pela portaria municipal poderão ser multados em R$ 580,00. Se persistirem, estão sujeitos à interdição e até à cassação do alvará de funcionamento.

Compartilhe este post: