D1Goiás

Secretaria de Saúde confirma cinco casos da variante Delta em moradores de Goiás

Goiás confirmou o 5º caso positivo da variante Delta do coronavírus em território goiano. O paciente é morador do município de Santo Antônio do Descoberto, e trabalha no Distrito Federal (DF). Por nota, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que o paciente teve contato com duas pessoas confirmadas no local de trabalho e foi identificado a presença da variante Delta após o sequenciamento genômico. Até o momento, a SES-GO diz que não há transmissão comunitária registrada no Estado. Identificada na Índia, a variante é considerada mais transmissível que as mutações anteriores do coronavírus (Sars-CoV-2).

O primeiro caso foi confirmado em um homem com histórico de viagem internacional que chegou ao estado já contaminado e, após contato com esposa, o sequenciamento genômico positivou para a variante Delta. Ambos moram em Goiânia. Os outros dois casos também são de residentes de Goiânia que trabalham em uma Instituição de Saúde no Distrito Federal que registrou surto da Covid-19. Ambos se contaminaram no local de trabalho e, após sequenciamento genômico, também foi constatado a variante Delta. “A SES-GO e as Secretarias Municipais de Saúde de Goiânia e Santo Antônio do Descoberto seguem rastreando os contatos, além de acompanhar e monitorar os casos”, destaca o comunicado.

Além dos casos suspeitos, há também uma paciente em análise. A pessoa mora em Anápolis e também tem ligação com o surto do DF. O secretário de Saúde de Anápolis, Júlio César Spíndola, afirmou ao O Popular, que se trata de uma paciente, que mora no município, mas trabalha no DF. De acordo com o secretário, ela e o marido estão em casa isolados em casa, sendo acompanhados pela equipe de saúde da cidade.

“A mulher testou positivo para Covid-19 e agora resta saber se há ligação com a variante. Estamos monitorando e ela apresentou sintomas leves da doença até o momento. O marido dela também está isolado, mas está assintomático. Continuamos reforçando para que as pessoas continuem tomando todos os cuidados, que não podem ser esquecidos. Devemos permanecer em alerta”, adverte o secretário de Saúde de Anápolis em entrevista ao O Popular.

 

Surto no DF
O secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, afirmou, na última segunda-feira, 26, que 26 servidores do Hospital de Apoio de Brasília testaram positivo para a variante Delta da covid-19 — identificada pela primeira vez na Índia. Segundo ele, no total, há 45 casos da nova cepa na capital federal e, por isso, há a caracterização de transmissão comunitária no DF.

Os casos foram identificados entre 28 de junho e 22 de julho. O hospital passa um surto de Covid-19. “Foram 51 amostras levadas para análise e sequenciamento genético. Dessas, 26 deram positivo para Delta e três para a Gama, conhecida como P1”, informou Osnei, durante coletiva na tarde da última segunda-feira.

“Todos são servidores que tinham sido vacinados, com exceção de quatro pessoas que ainda não tinham tomado a segunda dose. Acredita-se que a cepa tenha vindo de um paciente que tenha sido contaminado por meio de visita de familiares”, disse ele.

Com os novos casos dos servidores do Hospital e mais 13 pacientes monitorados, o DF soma 45 casos da Delta. Segundo Osnei, todos os 180 servidores do Hospital de Apoio serão testados e acompanhados pela equipe técnica da secretaria. Ainda de acordo com o secretário, três pacientes infectados pela Delta morreram no Hospital de Apoio.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D1