Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
28 de Fevereiro de 2021

Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia acolhe novos médicos residentes

Ao todo, serão recepcionados 26 profissionais participantes dos Programas de Residência Médica desenvolvidos nas unidades da SMS

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) dará as boas-vindas a novos médicos residentes na segunda-feira, 02, às 8h, no Salão Nobre do Paço Municipal. Ao todo, serão recepcionados 26 profissionais participantes dos Programas de Residência Médica desenvolvidos nas unidades da SMS nas seguintes especialidades: mastologia, neonatologia, pediatria, ginecologia e em Medicina de Família e Comunidade (PRMMFC), que está sendo oferecido pela SMS pela primeira vez.

Para a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, a nova modalidade de residência é uma grande conquista para a saúde na capital, pois vai formar médicos para atendimento nas unidades básicas de saúde. “É uma especialidade que engloba a prestação de cuidados personalizados e continuados a indivíduos e famílias de uma determinada população, independentemente de idade, sexo ou problema de saúde. É realmente algo para se comemorar”, enfatiza a secretária.

O PRMMFC/SMS está de acordo com a Resolução do Ministério da Educação Nº 01 de 25 de maio de 2015, que regulamenta os requisitos mínimos dos programas de residência e consiste em uma modalidade de ensino de pós graduação latu sensu, destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, e se caracteriza por treinamento em serviço.

O programa possui o objetivo de formar profissionais com competência para atuar na atenção primária à saúde (APS), que é parte importante da Área de Atenção à Saúde (RAS). A assistência às famílias e comunidade é feita em consonância com o meio ambiente, com o comprometimento da construção e consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) tendo por base os princípios da vigilância em saúde, da ética médica e o modelo de atenção da Estratégia de Saúde da Família (ESF).

O curso tem a duração de dois anos e a cada ano serão incluídos nove novos residentes. Assim, em março de 2021, a SMS contará com 18 residentes nesta modalidade – nove entram agora e nove no início do segundo ano. Todos os residentes receberão bolsa financiada pelos Ministérios da Educação e Saúde para desenvolverem as atividades teóricas e práticas com carga horária de 60 horas semanais.

Compartilhe este post: