Goiás

Secult Goiânia recebe 995 inscrições para Lei Aldir Blanc

Prefeitura beneficiará a classe artística com mais de 4 milhões de reais. Próxima etapa é análise documental e de mérito

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), recebeu 995 inscrições no cadastramento do terceiro Edital de Chamada Pública da Lei Aldir Blanc, publicado no Diário Oficial no dia 17 de setembro de 2021. As inscrições se encerraram no último dia 9 de outubro. Desta vez, a classe artística será beneficiada com o valor remanescente de R$ 4.206.000,00.

Artistas, grupos e profissionais do setor cultural (pessoa física e jurídica) realizaram a inscrição de projetos que visam a criação de conteúdo em plataformas digitais com acesso gratuito ao público. Entre eles, ações formativas (oficinas, rodas de conversa, palestras, entrevistas, workshops, seminários ou cursos), performances, shows, musicais, exibição de filmes, exposições, lançamento de livros, saraus, nos segmentos: Audiovisual, Cultura Hip Hop, Artes Visuais, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Cultura Popular (com toda a sua amplitude e abrangências).

“Superou a nossa expectativa e estamos muito felizes com essa quantidade de inscritos. Com certeza teremos grandiosos projetos aprovados. Agora, o trabalho é com uma comissão julgadora, a Gerência de Projetos Culturais e Planejamento Estratégico e o Conselho Municipal de Cultura, que juntos farão a análise documental e de mérito. Assim daremos andamento às aprovações dos projetos e seguimos para a etapa das apresentações em contrapartida, com prazos conforme exige o edital”, explica do secretário municipal de Cultura, Zander Fábio.

Lei Aldir Blanc

Em 2020, a Secult recebeu, por meio da Lei Aldir Blanc, o valor de R$ 9.739.858,18, que contemplou diversos artistas, grupos e espaços culturais nos incisos II e lll em dois editais publicados em novembro. O valor repassado aos mais de 800 projetos aprovados nos primeiros editais foi de R$ 5.483,206,00.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo