Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Senador Canedo anuncia que decidiu adotar nota técnica do estado na íntegra

Município está no grupo de municípios identificados pela cor vermelha, que indica situação crítica em relação à pandemia do novo coronavírus

O Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 de Senador Canedo decidiu acatar, na íntegra, as recomendações do Governo do Estado e adotou desde ontem, 18, a nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) que estabelece o funcionamento do comércio em geral – centros comerciais, shoppings e academias, entre outros – com 50% de lotação, e restringe a 30% a ocupação de igrejas e bares e restaurantes. Essas são algumas das medidas indicadas para os municípios considerados “em situação crítica” com o agravamento da crise sanitária.

O Comitê se reuniu no final da tarde da última quarta-feira, 17, provocado pela videoconferência entre o governador Ronaldo Caiado e todos os prefeitos goianos, realizada horas antes. Participaram representantes da Prefeitura, entre eles o prefeito Fernando Pellozo e a secretária de Saúde, Fabiana Lopes; Ministério Público, Polícia Militar, Bombeiros, Polícia Civil, Guarda Municipal e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). “A preocupação do governador e do secretário de Saúde do Estado, Ismael Alexandrino, também é nossa e vamos seguir na íntegra a nota técnica divulgada”, explicou o prefeito.

A Prefeitura de Senador Canedo também publicou, nesta quinta-feira, 18, o decreto contendo todas as recomendações para o funcionamento dos estabelecimentos no município, além de reforçar a necessidade do uso de máscara facial, da higienização das mãos e da manutenção do distanciamento social. “E vamos iniciar de imediato um trabalho de orientação, seguido da fiscalização. Seremos firmes como a ocasião exige, o que implica na notificação e mesmo punição de quem descumprir as normas”, detalhou Fernando Pellozo. 

Situação

Senador Canedo está no grupo de municípios identificados pela cor vermelha, que indica situação crítica em relação à pandemia do novo coronavírus. “Um termômetro da gravidade da situação é considerar que na semana passada abrimos o Hospital de Enfrentamento à Covid-19 com 11 leitos de UTI e 20 de enfermaria e, hoje, a ocupação já é de 100%”, disse o chefe do Executivo Municipal.

Fernando Pellozo confirmou também os movimentos da Prefeitura de Senador Canedo no sentido de ampliar ainda mais a rede de atendimento à doença, com a abertura de mais cinco leitos de UTI e cinco de enfermaria, mas é enfático em chamar a atenção para a responsabilidade coletiva. “Não temos como abrir novos leitos indefinidamente e mesmo assim não seria capaz de fazer frente ao avanço do vírus. Se a população não se conscientizar e seguir as orientações, o resultado dificilmente será satisfatório”, concluiu.

Anápolis fecha comércio aos sábados e domingos

Prefeito Roberto Naves resolveu agir antes que a propagação da Covid-19 entrasse em alta na cidade

Por determinação do prefeito Roberto Naves (PP), os estabelecimentos comerciais da cidade de Anápolis passam a ter o horário restritivo e novas regras para abertura a partir da próxima segunda-feira, 22.  

Naves assinou um decreto com as mudanças, que visa a aumentar a prevenção sanitária ao risco de contaminação pela Covid-19. A partir da segunda, o comércio em geral funcionará semanalmente das 9h às 16 horas, não sendo permitida a abertura no sábado e no domingo.

A capacidade máxima de atendimento simultâneo agora é de 30% de clientes, sendo que antes havia permissão para chegar até a 50%, para todos os segmentos privados. 

Já a abertura de bares e restaurantes, antes até a meia-noite, só será autorizada até às 22 horas, todos os dias. As informações foram divulgadas pelo próprio prefeito Roberto Naves, em transmissão ao vivo sobre as novas medidas restritivas contra a Covid-19. 

Segundo ele, Anápolis está vivendo mais uma vez uma curva crescente e descontrolada de contaminação. Com isso, a matriz de risco do município passou do nível leve para moderado. “A oferta de leitos de UTI e de enfermaria é boa, mas, no momento, a taxa de ocupação já ultrapassou de 50%, o que obriga o município a passar do risco leve para o moderado”, disse o prefeito.

Compartilhe este post: