D1Goiás

“Tiramos Goiás da fase analógica para a digital”, afirma Caiado ao lançar Expresso

O governador Ronaldo Caiado lançou ontem, 17, o Expresso, nova plataforma que oferece 70 serviços da gestão pública, todos disponíveis por meio virtual. “Tiramos Goiás da fase analógica para a digital”, disse, ao observar que a meta é garantir atendimento de qualidade, padronizado e acessível. Segundo observa, o Estado tem a “obrigação de devolver à sociedade o tempo perdido”.

O acesso à plataforma está disponível por meio de aplicativos, pelo site www.expresso.go.gov.br, terminais de autoatendimento em unidades do Vapt-Goiás. Para receber o serviço, os municípios terão que assinar convênio com o governo do Estado. Ontem foi lançado um chamamento público para que as prefeituras interessadas se inscrevam e façam a adesão ao Expresso Balcão.

Neste início, por meio do Expresso, estão disponíveis serviços como emissão de segunda via da conta de água da Saneago, de boletos do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo), de guia de trânsito animal e de certidão negativa de débitos da receita estadual. A abertura de reclamação junto ao Procon-GO e o licenciamento anual de veículo junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) também estão na ferramenta.

“Fazemos essa reparação, com oferta de serviços que a sociedade não teve durante muitos anos”, afirma o governador. “O dinheiro público agora é aplicado corretamente. A máquina do Estado hoje pede desculpas à população”, disse. E completou: “Esse é o Goiás Expresso. É o perfil do nosso governo, a digitalização, o menor tempo de ação e a melhora da qualidade de vida das pessoas”, pontuou. “Temos que andar à frente para, cada vez mais, atender a quem realmente o sustenta, que é o cidadão que paga o imposto”, destaca governador.

A iniciativa tem coordenação da Secretaria-Geral da Governadoria (SGG) e foi desenvolvida por meio de ação conjunta e integrada entre as secretarias da Administração (Sead), Desenvolvimento e Inovação (Sedi), em parceria com a Casa Civil. O projeto faz parte da digitalização dos serviços de todas secretarias, órgãos e autarquias do Estado. E endossa resultados que colocam Goiás como uma das gestões que mais evoluem na transformação digital.

Digitalização
“O Estado de Goiás estava entre os últimos Estados na digitalização de serviços. Hoje, estamos entre os dez maiores Estados nesse quesito. Até o ano que vem estaremos entre os três primeiros”, afirmou o titular da SGG, Adriano da Rocha Lima. Para o secretário, a ação é resultado de um esforço conjunto e que tem como maior benefício a inclusão do cidadão. “É uma ação inclusiva, que permite que as pessoas das mais diferentes regiões do Estado tenham acesso a serviços que antes só eram oferecidos presencialmente”, reforçou.

Para o titular da Sead, a revolução tecnológica realizada pela gestão de Ronaldo Caiado tem dois objetivos: respeitar o cidadão e gerar mais economia tanto ao Estado quanto aos trabalhadores. “Hoje, o cidadão é muito mais autônomo e não quer mais gastar duas horas para ser atendido. Essa ação dá capacidade ao cidadão de ser rapidamente atendido”, enfatizou Bruno D’Abadia.

As pessoas que não têm acesso à internet em casa ou dificuldade com as diversas plataformas digitais também terão oportunidade de agilizar o atendimento com o uso dos totens, que serão instalados nos municípios. “O Balcão Expresso vem como complemento de um dos modais para dar acesso ao cidadão, talvez mais idoso ou com pouco acesso à internet ou instrução digital”, destacou o secretário de Administração, Bruno D’Abadia.

Ao representar o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira, o subsecretário de Tecnologia da Informação (TI), Rodrigo Michel de Moraes, reiterou que o trabalho de TI não é apenas desenvolver, manter e operar uma ferramenta, mas “garantir a satisfação do cidadão e a disponibilidade de todos os serviços dentro do Estado”. “Fomos em frente para maximizar o poder de serviços dentro do Estado, trazendo uma transformação digital cada vez mais contínua”, disse Rodrigo Michel.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D1