Terça, 21 de Setembro de 2021
21 de Setembro de 2021
Publicidade

Três nomes no páreo para a vice de Caiado

O atual vice, Lincoln Tejota (Cidadania), ex-deputado federal Daniel Vilela (MDB) e o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), estão cotados para integrar a chapa majoritária do governador Ronaldo Caiado às eleições de 2022. A definição somente ocorrerá em abril ou julho do ano que vem, diz uma fonte do Democratas.

Empreguismo
O radialista Marcos Silva, ex-diretor-geral da TV Record em Goiás e ex-titular da Secom no Governo Caiado, foi nomeado assessor especial do prefeito Gustavo Mendanha (MDB).

Mais gente
O prefeito de Aparecida já conta com outros dois assessores especiais: Tarcísio Francisco dos Santos e Carlos Júnior, presidentes do MDB de Aparecida e de Goiânia, respectivamente.

Quer ficar
Em entrevista à rádio CBN/Goiânia, Mendanha diz que sua intenção é não deixar o MDB, mas não descarta, no futuro, uma mudança de posição.

Não faz mal
Mendanha ressalta que conversar com outros partidos sobre as eleições de 2022 não faz mal.

Longa conversa
Daniel Vilela teve demorada conversa com o governador Ronaldo Caiado, na última segunda-feira, sobre os acontecimentos políticos do País e do Estado.

Falta de decoro
A Comissão de Ética da Assembleia Legislativa vai abrir um processo para avaliar se as declarações do deputado Amauri Ribeiro (Patriota) contra a vereadora goianiense Luciula do Recanto (PSD) caracterizam quebra de decoro parlamentar.

Falta de decoro
Amauri Ribeiro criticou a atuação de Luciula do Recanto de forma ameaçadora e intimidatória.

Ainda não
Talles Barreto diz que a sua ausência no encontro com Eduardo Leite não significa rompimento com o PSDB goiano. O deputado estadual diz que vai votar em João Doria nas prévias do partido, em novembro.

Saúde
Governador Ronaldo Caiado (DEM) vai anunciar, esta semana, que 5.013 servidores efetivos da Secretaria Estadual de Saúde receberão progressões salariais.

Saúde II
A medida de Caiado terá impacto anual de R$ 14,3 milhões e faz parte de um esforço para a construção de agenda positiva junto ao funcionalismo estadual.

Saúde III
O governador irá enviar em breve, à Assembleia Legislativa, projeto para conceder adicional de produtividade de R$ 1,5 mil aos trabalhadores da saúde. A proposta valerá também para comissionados, alcançando 8 mil pessoas. O custo anual será de R$ 51,6 milhões.

Educação
Os benefícios da saúde vêm na esteira de progressões anunciadas há mais de duas semanas a 3.516 servidores da Secretaria Estadual de Educação, com custo anual de R$ 13,3 milhões.

Valadão deixa o legado do gestor empreendedor
Ary Valadão, que morreu na última segunda-feira aos 102 anos, em Goiânia, exerceu o governo de Goiás, nomeado pelo regime militar, com visão de futuro, abrindo espaço para novos passos na economia, como os projetos Rio Formoso e Alto Paraíso, além de priorizar o atendimento às camadas mais pobres da população.

 

RESUMO

Líderes do PSDB, Patriota, PSL, PSD, Republicanos e Progressistas estão pessimistas quanto à possibilidade de Gustavo Mendanha trocar o MDB pelo palanque da oposição às eleições de 2022.

Presidente do MDB de Goiás, Daniel Vilela disse a Gustavo Mendanha que até dezembro pretende concluir a consulta junto aos quadros do partido sobre preferência ao pleito do ano que vem: candidatura própria ou aliança com o DEM.

Nos bastidores do MDB, a coluna apurou que Daniel Vilela poderá antecipar para o próximo mês o anúncio da decisão do MDB sobre alianças ao pleito de 2022.

Ex-prefeito Iris Rezende (MDB) se recupera satisfatoriamente do AVC que sofreu, segundo a equipe médica que o atende no Instituto Neurológico de Goiânia. Ainda não há data para alta, avisa a filha, a médica Adriana Rezende.

 

Compartilhe este post: