Goiás Online

Vereadores ressaltam a atuação do Prof. Alcides

Helton Lenine  /   heltonlenine@gmail.com

Vereadores da Câmara Municipal saíram em defesa do deputado federal Professor Alcides (PP/foto) na sessão da última quarta-feira, 11, apontando o legado do parlamentar, principalmente sua contribuição para o desenvolvimento de Aparecida de Goiânia. Segundo eles, mais de R$ 80 milhões foram liberados para a cidade através de emendas do deputado. A reação surgiu em razão da decisão do TRE de cassar o diploma do deputado por captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais.

Trabalho árduo
Para o presidente da Câmara, André Fortaleza (MDB), são lamentáveis as críticas proferidas contra o Professor Alcides, a quem classificou como “incansável” no trabalho pela cidade.

Candidatíssimo
Já o vereador Diony Nery garantiu que Alcides será candidato à reeleição nas eleições do ano que vem e que terá êxito. Sandro Oliveira também deu voto de confiança para o parlamentar.

Vai recorrer
Apesar da decisão do TRE, Professor Alcides ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e manter suas atividades até que o processo tenha decisão definitiva.

Elegível
Professor Alcides divulgou nota em que diz que a sentença do TRE não é terminativa, não provoca inelegibilidade e não o afasta do exercício do cargo. “No TSE, tenho certeza do êxito no processo.”

Sem distritão
A Câmara Federal derrubou o chamado “distritão” – eleição majoritária para deputado federal, deputado estadual e vereador às eleições de 2022.

Coligações
O Legislativo retornou as coligações proporcionais entre os partidos para as chapas de parlamentares também ao pleito do ano que vem.

Segunda vez
Governador Ronaldo Caiado apareceu, pela segunda vez, no interior do Estado, ao lado de Daniel Vilela, presidente estadual do MDB. Foi em Itapaci. Antes, ocorreu em Aruanã.

Tucanos
Ao lado de Ronaldo Caiado em evento em Itapaci, o prefeito Mário Macaco, deputado federal Célio Silveira e o deputado estadual Talles Barreto, todos do PSDB, destacaram o trabalho do governador goiano.

Desfiliação
Os deputados estaduais Francisco Oliveira e Talles Barreto devem desfiliar-se do PSDB em 3 de abril do próximo ano, com a vigência da “janela partidária”.

Bem recebido
O vice-governador Lincoln Tejota (Cidadania) elogiou a trajetória política do ex-deputado federal Daniel Vilela, presidente do MDB de Goiás que, segundo ele, é espelhada no pai, Maguito Vilela.

Mesmo espaço
Lincoln Tejota e Daniel Vilela, além de Lissauer Vieira, são cotados para a vice na chapa de Ronaldo Caiado às eleições do ano que vem.

Vai sair
Prefeito de Catalão, Adib Elias deve confirmar hoje desfiliação do Podemos. Vai ficar um período sem filiação partidária, já que não é candidato às eleições de 2022.

Daniel e Gustavo: conflito e afastamento no MDB
Com posições antagônicas sobre o papel a ser desempenhado pelo MDB nas eleições de 2022, Daniel Vilela e Gustavo Mendanha estão próximos de um rompimento político. O presidente do partido defende aliança com o DEM em apoio à reeleição do governador Ronaldo Caiado e o prefeito de Aparecida quer candidatura própria à sucessão estadual.

 

RESUMO

Maguitistas aparecidenses estão decepcionados com o comportamento político do prefeito Gustavo Mendanha, de enfrentamento à liderança de Daniel Vilela no comando do MDB de Goiás.

Têm maguitistas se preparando para entregar cargos que ocupam na Prefeitura de Aparecida de Goiânia. Esperam apenas a formalização do apoio do MDB ao DEM.

O racha no MDB aparecidense só traz prejuízos a uma eventual candidatura de Gustavo Mendanha ao Palácio das Esmeraldas, pela oposição, em 2022.

Ezízio Barbosa Filho foi nomeado para ocupar o lugar do pai na Secretaria Executiva de Transporte, na estrutura da Secretaria de Articulação Metropolitana de Aparecida de Goiânia.Nomeado em janeiro, o advogado Ezízio Barbosa foi exonerado do cargo no início de agosto para disputar a direção da subseção da OAB em Aparecida de Goiânia.

Você pode se interessar:

Comments are closed.